PROQUALI

O Porto Sudeste do Brasil, em parceria com Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), realizou quatro fases do Programa de Qualificação Profissional (PROQUALI), iniciativa do Porto Sudeste que visa qualificar a mão de obra local para trabalhar nos empreendimentos que surgem no município.

Com foco nas atividades que surgiram com o início das operações do Porto Sudeste, a companhia ofereceu gratuitamente na quarta fase os cursos de ‘Operações de Equipamentos Portuários’, ‘Manutenção e Elétrica de Equipamentos Portuários’ e ‘Manutenção Mecânica de Equipamentos Portuários’ para 120 alunos, sendo 40 para cada curso.

Nos anos anteriores, a companhia já qualificou e treinou, por meio do Programa de Qualificação Profissional, cerca de 500 moradores em três fases. Todos os cursos ministrados no programa foram escolhidos para atender as oportunidades de emprego que surgiram no empreendimento.

EQUOTERAPIA

O Porto Sudeste realiza o projeto de Equoterapia para portadores de necessidades especiais. O método de reabilitação utiliza o contato com cavalos em uma abordagem interdisciplinar, que envolve as áreas de saúde, educação e equitação. Por meio dele, é possível desenvolver novas formas de socialização, autoconfiança e autoestima.

A técnica contribui para o desenvolvimento da força muscular, do equilíbrio, para o relaxamento e conscientização do próprio corpo, além do aperfeiçoamento da coordenação motora dos pacientes. “Meu filho participa desde a primeira semana do projeto e já teve melhoras expressivas. Além disso, ele já consegue abrir os braços e as pernas com mais facilidade. Agora ele quer tirar fotos de braços abertos sempre”, contou Jaqueline, mãe do Cristian, de 12 anos, que teve paralisia infantil.

Semanalmente, a equipe recebe 60 pessoas com quadro clínico de necessidades especiais, como cegueira, paralisia infantil, paraplegia e autismo. A expectativa do projeto é realizar mais de 700 atendimentos por ano. Os alunos são acompanhados por uma equipe formada por um psicólogo, um fisioterapeuta e um equitador. Os atendimentos são realizados nas quartas e quintas, das 8h às 17h, é gratuito e aberto ao público.

Os interessados em participar do projeto devem comparecer ao local nos dias de atendimento para cadastramento.